Nota de Desagravo do CFC Sobre o Pronunciamento do Senador Aécio Neves

O Conselho Federal de Contabilidade, nesta nota representando os 27 Conselhos Regionais de Contabilidade e os 510 mil Profissionais da Contabilidade do Brasil, vem a público discordar das referências aos “contabilistas” feitas pelo senador Aécio Neves, em pronunciamento criticando o Ajuste Fiscal proposto pelo ministro Joaquim Levy, do dia 20 de maio, conforme matéria publica no Jornal O Globo (http://oglobo.globo.com/brasil/aecio-chama-ajuste-fiscal-de-joaquim-levy-de-contabilista-16217897).

Segundo a notícia, o senador disse que o pacote do ministro da Fazenda “é extremamente rudimentar, de um contabilista, que se baseia só na questão fiscal e esquece que as pessoas se levantam todos os dias e precisam comer e ir trabalhar”.

Quando associa o termo “rudimentar” ao “Contabilista”, o Senador demonstra total desconhecimento da profissão contábil exercida atualmente no Brasil. Há muito tempo os nossos Contabilistas deixaram de ser vistos como meros cumpridores das normas do Fisco. A Contabilidade que se pratica no território Nacional encontra-se em sintonia com as normas internacionais. Com o nosso Profissional Contábil marcando presença nos fóruns mais avançados das Nações desenvolvidas.

Nos últimos anos o Sistema CFC/CRCs tem desenvolvido um profícuo trabalho, em parceria com Instituições Governamentais e com o meio acadêmico, exatamente, para dotar a Contabilidade Pública da racionalidade e transparência que a Sociedade Brasileira exige. É, pois, de suma importância que os homens públicos do nosso País se atualizem – por isso, é oportuno esclarecer! – que a Contabilidade é uma Ciência Social com vastos recursos de controle e informação, indispensáveis à gestão pública e privada, possuindo uma responsabilidade evidente na proteção da Sociedade.

Diante do exposto, o Conselho Federal de Contabilidade lamenta a visão distorcida e a forma equivocada com o que o senador se referiu aos profissionais da Contabilidade.

Contador José Martonio Alves Coelho
Presidente do Conselho Federal de Contabilidade

(Fonte: site CFC – 22.05.2015)

9 comentários em “Nota de Desagravo do CFC Sobre o Pronunciamento do Senador Aécio Neves

  1. O senador Aecio Neves foi infeliz na colocação das palavras, como contador sinto-me ofendido. O referido senador deve retratação publica à classe que muito tem feito por este pais.

  2. Sou contador e assino embaixo o pronunciamento do Sr. Aécio, que não falou nada demais…, ou denegriu a imagens dos contabilistas !! apenas colocou uma frase direta e com total sentido, ou seja, o referido ajuste, tem falta de conteúdo social e prático !!

  3. É facilmente compreensível, que o senador Aécio Neves, em nenhum momento, teve a intenção de depreciar os contabilistas, que como relata o Sr. José Martonio, são profissionais eficientes que cuidam com zelo dos vários assuntos vinculados a setores diversos, não especificamente à contabilidade ou planejamento tributário. Assim, o que o senador procurou foi destacar o detalhe entre o bom profissional e o profissional conveniente.O que todos os profissionais precisam entender, principalmente os, da área contábil e econômica é que nós brasileiros, não devemos ficar pagando pela incompetência desses administradores públicos. Afinal, nós trabalhamos vários meses em cada ano, só para pagar Impostos; e o pior, não há retorno social que justifique tamanha carga tributária. Assim devemos ficar conscientes de que as críticas concernentes à desordem generalizada que está imperando no Brasil, devem ser apoiadas com uma visão contextual nacionalmente, nunca grupal ou individualmente.

  4. Eu, Fortunato Lopes Bennett, Professor de Contabilidade da UCDB em Campo Grande-MS. Agradeço ao nosso Presidente do CFC pela brilhante defesa da nossa Profissão e pela tentativa de esclarecer alguns poucos políticos que desconhecem nossos esforços na construção Brasil melhor.

  5. É triste a forma como senador da república se refere aos profissionais contábeis. Pois, não sabe ele, que de todas as profissoes, a contabil é uma das mais importantes, pois é ela que registra,informa, e apura os resultados que o país precisa. Estou certo de que o menos esclarecido, não pensa dessa forma sobre a profissão contabil.

  6. Bom dia!

    Quero reforçar que esse comentário feito em pronunciamento revela, de fato, visão distorcida e forma equivocada do senador quanto aos profissionais da Contabilidade.

    Adenilson F. Lopes

  7. O Senador Aécio Neves, foi infeliz na citação acima, assim como vários outros artistas, politicos, esportista que desconhece o real trabalho do contabilista. Aguardo os pedidos de desculpas do senador, assim como seria oportuno convida-lo, para conhecer o trabalho do contabilista.Sem o trabalho do contabilista, a riqueza ou a miséria deste país não seria conhecida.

  8. Também assino embaixo ao que disse o Senador Aécio. Entendo que o que ele quis se referir é que nossas leis tributárias, às vezes, parecem nem ser assessoradas por qualquer contabilista. São criadas sem nenhuma noção de prática. Simplesmente jogam as “enxurradas de artigos esdrúxulos e impraticáveis” em nosso peito, com enormes contradições, inclusive ferindo nosso código de ética profissional e normas contábeis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s