Como Gerenciar um Escritório Contábil?

Marketing, integração de novos clientes, treinamento, acompanhamento da legislação, investimentos em tecnologia, estrutura física, fixação de honorários e elaboração do contrato de serviços, questões legais… tudo isto e muito mais são as tarefas do empreendedor contabilista à frente do escritório contábil.

Recomenda-se que o novo empreendedor tenha experiência prévia em escritórios contábeis, pois assim poderá vislumbrar as dificuldades e ter a noção dos desafios que certamente enfrentará ao montar seu próprio escritório de serviços.

Diferentemente dos demais empreendimentos, a gestão de um escritório contábil exige um dinamismo próprio, conhecimentos específicos, motivação extraordinária e disposição contínua em inovação, ajustes e acompanhamento do mercado. Clientes costumam exigir muito e pagar pouco. Há um enorme desgaste dos profissionais envolvidos nas tarefas fiscais, trabalhistas, contábeis, previdenciárias e legais em atender ás centenas de obrigações impostas às empresas e pessoas jurídicas em geral.

Um dos componentes fundamentais para o sucesso de um escritório contábil é a adequada remuneração dos serviços. Clientes precisam ser avaliados não pelo faturamento, mas pelas exigências de serviços (desde a escrituração contábil até a elaboração de declarações fiscais/tributárias/trabalhistas/BACEN/IBGE/Siscoserv, etc.).

Não se iluda: todo serviço deve ter remuneração, de graça, nem o governo trabalha (aliás, ele é bem pago – superfaturado, pelos tributos que pagamos). Recomenda-se ao empreendedor que avalie cada orçamento proposto a futuros clientes, incluindo com atenção as diferentes tarefas que serão exigidas pela atividade do cliente.

Outro fator relevante é investir em softwares que integrem a parte fiscal com a contábil, visando assim evitar repetição de tarefas (digitações, conferências) e elevando a produtividade dos serviços.

Não menos importante é o treinamento contínuo de colaboradores, pois a legislação muda diariamente, e somente um acompanhamento regular, efetivo, trará a necessária confiabilidade para que os serviços sejam executados com precisão e dentro das normas legais.

Lembrando, por fim, que o escritório deverá, antes de seu funcionamento, estar registrado no Conselho Regional de Contabilidade.

Visando auxiliar o gestor contábil nas múltiplas tarefas exigidas, indicamos as seguintes obras de nossa editora:

Contabilidade na Prática - Tópicos Contábeis Atualizados e Exemplificados! Abrange os principais tópicos de contabilidade empresarial, societária e comercial, com exemplos de lançamentos. Contém modelos de planos de contas! Clique aqui para mais informações. Escritórios contábeis e profissionais de contabilidade têm um dilema: quanto cobrar de seus clientes? Agora chega às suas mãos um guia prático, passo-a-passo, de como fazer este cálculo de forma adequada. Com linguagem acessível, a obra facilita ao profissional contábil determinar com máxima precisão o preço de seus serviços a clientes e potenciais clientes. Clique aqui para mais informações.Criar e Conduzir uma empresa não é tarefa para improvisos, mas sim um constante planejamento. Técnicas e Dicas para auxiliar empreendedores a alcançar sucesso em seus negócios! Clique aqui para mais informações.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s